sexta-feira, janeiro 08, 2010

O que é classe social?

Entende-se por classe social cada um dos grandes grupos diferenciados que compõe a sociedade. Os critérios para definir-se um grupo social como classe são motivos de divergência. 

De modo geral, nessa caracterização privelegiam-se fatores sociais e econômicos tais como riqueza, apropriação dos meios de produção, posição diante do sistema de produção, profissão, nível de consumo e origem dos rendimentos. 
Considera-se ainda que os membros de uma classe social, além de terem no conjunto os mesmos interesses, tendem a compartilhar valores semelhantes.

Para Karl Marx, o que caracteriza uma classe social é sua posição na produção e em relação à propriedade dos entãos meios de produção. No capitalismo, ele identificou duas classes sociais  principais: 
- a burguesia (capitalistas) - classe formada pelos donos dos meios de produção (fábricas, fazenda, terra, maquinário etc.), e que os meios de produção são então de forma privada. (propriedade privada)
- e proletariado (trabalhadores) - grupo constituído pelos trabalhadores assalariados, que não possuem assim os meios de produção e vendem sua força de trabalho por uma salário que garante sua subsistência.

Nos moldes então desse pensameno social crítico, é que o trabalho se torna uma mercadoria, e a classe burguesa, por possuir a propriedade privada dos meios de produção, se torna a classe dominante e hegemônica, embora seja a minoria na sociedade.

Essa divisão entre classes sociais acaba por gerar, além da exploração do homem pelo homem,  e a alienação, a desigualdades sociais, principalmente através da concentração de renda nas mãos de uma minoria.

Minoria essa, que por ser dominante e hegemônica, tem uma ampla influência na política, na cultura. e nas ideias.

Segundo Marx e Engels, na Ideologia Alemã, afirma que "as ideias dominante de uma época, são sempre as ideias da classe dominante".

Marx fez um amplo estudo sobre as classes social, à luz do pensamento moderno, e ainda definiu fundamentos sobre o seu processo de consciência, através do método histórico e dialético

[Atualmente] nas pesquisas de mercado, as classes são identificadas pura e simplesmente por estarem dentro de certas faixas construídas a partir dos níveis de renda e de consumo dos indivíduos (temos, assim, as classes A, B, C, D, etc). Para Karl Marx também o modo de produção é a base estrutural da sociedade, este condiciona todas as relações sociais, sendo assim, na sociedade capitalista, quem domina os meios de produção, no caso os burgueses, domina também ideologicamente a sociedade e consequentemente o Estado.

Em termos síntéticos, a definição de classes é melhor definida pelo pensamento marxista, e a mais coerente.

Marx afirma, em seus estudos, que a luta de classes sociais é o motor da história, é através do conflito social entre classes, que a história foi mudada em sua essência.

Nas palavras do próprio Marx:

"A história de toda a sociedade até aqui(4*) é a história de lutas de classes. [Homem] livre e escravo, patrício e plebeu, barão e servo [Leibeigener], burgueses de corporação [Zunftbürger] (5*)e oficial, em suma, opressores e oprimidos, estiveram em constante oposição uns aos outros, travaram uma luta ininterrupta, ora oculta ora aberta, uma luta que de cada vez acabou por uma reconfiguração revolucionária de toda a sociedade ou pelo declínio comum das classes em luta. Nas anteriores épocas da história encontramos quase por toda a parte uma articulação completa da sociedade em diversos estados [ou ordens sociais — Stände], uma múltipla gradação das posições sociais. Na Roma antiga temos patrícios, cavaleiros, plebeus, escravos; na Idade Média: senhores feudais, vassalos, burgueses de corporação, oficiais, servos, e ainda por cima, quase em cada uma destas classes, de novo gradações particulares."


Shellen Galdino
08 de janeiro de 2011.
Atualizado em 2013.

GALDINO, S. B. O que é classe social. Disponível em <http://plaggiado.blogspot.com.br/2010/01/o-que-e-classe-social.html>. 2011.

23 comentários :

  1. Para você vê, se fosse hoje eu escreveria diferente. O que uma universidade e a militancia não faz com a pessoa.

    ResponderExcluir
  2. a idiotice também é uma classe social .. e ai o nosso amigo anônimo faz parte da mesma :D

    ResponderExcluir
  3. PELOMENOS DA PRA FAZER O TRABALHO DE HISTORIA

    ResponderExcluir
  4. patético mais da p/ fazer o trabalho de sociologia
    :n

    ResponderExcluir
  5. bando de nerd putos

    ResponderExcluir
  6. lalalalala prefiro ismorf

    ResponderExcluir
  7. la la lalalala cante uma cança la la lalalala santel de montao voces sao uns nerdsburros q n tenham oque fazer tenho um conselho vao da o cu pro te

    ResponderExcluir
  8. Legal gostei desas classe social mim ajudou bastante!!!
    Adorei este testo . :a

    ResponderExcluir
  9. nossa muito pouco conteudo

    ResponderExcluir
  10. é uma bosta grande kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  11. NAGILA MARÇAL DISSE

    ResponderExcluir

sexta-feira, janeiro 08, 2010

O que é classe social?

Entende-se por classe social cada um dos grandes grupos diferenciados que compõe a sociedade. Os critérios para definir-se um grupo social como classe são motivos de divergência. 

De modo geral, nessa caracterização privelegiam-se fatores sociais e econômicos tais como riqueza, apropriação dos meios de produção, posição diante do sistema de produção, profissão, nível de consumo e origem dos rendimentos. 
Considera-se ainda que os membros de uma classe social, além de terem no conjunto os mesmos interesses, tendem a compartilhar valores semelhantes.

Para Karl Marx, o que caracteriza uma classe social é sua posição na produção e em relação à propriedade dos entãos meios de produção. No capitalismo, ele identificou duas classes sociais  principais: 
- a burguesia (capitalistas) - classe formada pelos donos dos meios de produção (fábricas, fazenda, terra, maquinário etc.), e que os meios de produção são então de forma privada. (propriedade privada)
- e proletariado (trabalhadores) - grupo constituído pelos trabalhadores assalariados, que não possuem assim os meios de produção e vendem sua força de trabalho por uma salário que garante sua subsistência.

Nos moldes então desse pensameno social crítico, é que o trabalho se torna uma mercadoria, e a classe burguesa, por possuir a propriedade privada dos meios de produção, se torna a classe dominante e hegemônica, embora seja a minoria na sociedade.

Essa divisão entre classes sociais acaba por gerar, além da exploração do homem pelo homem,  e a alienação, a desigualdades sociais, principalmente através da concentração de renda nas mãos de uma minoria.

Minoria essa, que por ser dominante e hegemônica, tem uma ampla influência na política, na cultura. e nas ideias.

Segundo Marx e Engels, na Ideologia Alemã, afirma que "as ideias dominante de uma época, são sempre as ideias da classe dominante".

Marx fez um amplo estudo sobre as classes social, à luz do pensamento moderno, e ainda definiu fundamentos sobre o seu processo de consciência, através do método histórico e dialético

[Atualmente] nas pesquisas de mercado, as classes são identificadas pura e simplesmente por estarem dentro de certas faixas construídas a partir dos níveis de renda e de consumo dos indivíduos (temos, assim, as classes A, B, C, D, etc). Para Karl Marx também o modo de produção é a base estrutural da sociedade, este condiciona todas as relações sociais, sendo assim, na sociedade capitalista, quem domina os meios de produção, no caso os burgueses, domina também ideologicamente a sociedade e consequentemente o Estado.

Em termos síntéticos, a definição de classes é melhor definida pelo pensamento marxista, e a mais coerente.

Marx afirma, em seus estudos, que a luta de classes sociais é o motor da história, é através do conflito social entre classes, que a história foi mudada em sua essência.

Nas palavras do próprio Marx:

"A história de toda a sociedade até aqui(4*) é a história de lutas de classes. [Homem] livre e escravo, patrício e plebeu, barão e servo [Leibeigener], burgueses de corporação [Zunftbürger] (5*)e oficial, em suma, opressores e oprimidos, estiveram em constante oposição uns aos outros, travaram uma luta ininterrupta, ora oculta ora aberta, uma luta que de cada vez acabou por uma reconfiguração revolucionária de toda a sociedade ou pelo declínio comum das classes em luta. Nas anteriores épocas da história encontramos quase por toda a parte uma articulação completa da sociedade em diversos estados [ou ordens sociais — Stände], uma múltipla gradação das posições sociais. Na Roma antiga temos patrícios, cavaleiros, plebeus, escravos; na Idade Média: senhores feudais, vassalos, burgueses de corporação, oficiais, servos, e ainda por cima, quase em cada uma destas classes, de novo gradações particulares."


Shellen Galdino
08 de janeiro de 2011.
Atualizado em 2013.

GALDINO, S. B. O que é classe social. Disponível em <http://plaggiado.blogspot.com.br/2010/01/o-que-e-classe-social.html>. 2011.

23 comentários :

  1. Para você vê, se fosse hoje eu escreveria diferente. O que uma universidade e a militancia não faz com a pessoa.

    ResponderExcluir
  2. a idiotice também é uma classe social .. e ai o nosso amigo anônimo faz parte da mesma :D

    ResponderExcluir
  3. PELOMENOS DA PRA FAZER O TRABALHO DE HISTORIA

    ResponderExcluir
  4. patético mais da p/ fazer o trabalho de sociologia
    :n

    ResponderExcluir
  5. bando de nerd putos

    ResponderExcluir
  6. lalalalala prefiro ismorf

    ResponderExcluir
  7. la la lalalala cante uma cança la la lalalala santel de montao voces sao uns nerdsburros q n tenham oque fazer tenho um conselho vao da o cu pro te

    ResponderExcluir
  8. Legal gostei desas classe social mim ajudou bastante!!!
    Adorei este testo . :a

    ResponderExcluir
  9. nossa muito pouco conteudo

    ResponderExcluir
  10. é uma bosta grande kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  11. NAGILA MARÇAL DISSE

    ResponderExcluir